A existência de Deus (Poema)

Categoria: Deus (ár. "Allah")
Visitas: 3206

Por: Inês da Costa (18/05/09)

Quantos sinais da existência de Deus?
Tantos que não podemos contar.
Reflectindo nas maravilhas deste mundo
Sua existência tenho que afirmar.

Quem já viu o vento?
Não o vimos, mas o notamos passar.
Árvores provam a sua existência
quando este as faz abanar.

Quem cria as flores como são?
Sua beleza, perfume;
material, leis naturais?
Qual o humano que consegue?
Não é isso um dos sinais?

Quem faz a árvore brotar duma pequenina semente?
Quem cria seus frutos deliciososv que rejuvenescem o corpo e a mente?

Quem cria as abelhas,
as ensina a trabalhar;
cooperando na reprodução
e na fabricação de seu mel?
Questiono tambem sobre as formigas,
seu trabalho, organização e papel.

Tartarugas bebes
saem de seus ovos enterrados na areia.
Sem suas mães se dirigem ao mar.
Quem as guia rumo a essa meta?
Algum humano as ensinou tal?

O constante pulsar de um coração.
Cérebro mais elaborado que o computador,
em segundos processa tanta informação.
Dentro de nós estas maquinas reais!
Glóbulos vermelhos transportando oxigênio.
Comida que se transforma em sangue
e muito mais!

As ondas do mar.
Os ciclos da agua.
A chuva que apaga nossa sede e enriquece a vegetação.
Lindos jardins decorando a terra.
Plantas que aos seres vivos sustentam.
O amor que imana de cada coração.
Uma criança desenvolvendo-se no ventre materno.
Uma teia de aranha.
Um animal selvagem ensinando seus filhos a caçar.
Leite nutricioso que animais fornecem.
Uma ave cantando ou voando.
Nos humanos e animais, o instinto maternal.
Tanto para ponderar!

Quem criou os planetas;
as estrelas, incluindo o sol que nos ilumina?
Quem criou as leis harmoniosas a que obedecem
e tantas maravilhas no mundo que nos fascinam?

A Ciência cada vez mais
para a crença em Sua existência vai chamando.
Os sinais são demasiados...
Seria incompatível eu ficar negando.

Oh! Tanto, tanto
eu poderia mencionar.
Sei que muito não consigo
e nunca tudo poderei desvendar.
Os sinais que noto são mais que suficientes... Sou feliz, porque DEUS EXISTE
E PARA ELE VAMOS VOLTAR!